quinta-feira, outubro 13, 2005

ser-se sal

O efeito do sal é conservar, temperar e quando em excesso, provocar sede. Sendo que Jesus nos chamou o sal de terra, pergunto-me se é possível ser demasiado salgado enquanto cristão... Quer dizer, se demasiado "sal" (ser-se cristão) provoca sede espiritual, então a gente vai querer beber a água viva, não vai?

2 comentários:

Flá Mendes disse...

haja água pra matar tanta sede!!! :)


ps. e há!

Paula disse...

Sim, em contacto com esse sal só a água da vida para saciar e matar a sede.